About Me

My photo

Paulo José da Costa é livreiro e ex-funcionário do Banco do Brasil.   Considera-se um garimpador da memória, procurando nos sótãos e porões as fotos antigas, postais, cartas, diários com que alimenta sua paixão que tem foco no cotidiano.  Pesquisador de história da música e do cinema, postando raridades no youtube.  Mantém enorme acervo de cds, dvds, fitas, vinil, discos de rádio, 16 polegadas, 10 polegadas, compactos e o escambau. Ex-libris, filmes antigos, gravuras, affiches, cartas, jornais antigos, albuns de família, postais, a lista é grande. Sempre procurando mais. Tem quatro blogs e desenvolve projeto de livro sobre o cotidiano paranaense através das fotos de família entre 1870/1960. Mantém arquivo de memória paranaense e catarinense.

10 March 2016

AS FOTOS DE JOSÉ SCHLOTMANN - RIO NEGRO - CURITYBA - PARANAGUÁ (PR)








                                Há muitos anos consegui uma caixa de antigos negativos fotográficos de vidro. Estava apenas anotado o nome do fotógrafo, José Schlotmann.  Esse fotógrafo viveu em São Bento do Sul(SC) no começo do século XX, mas algumas imagens são de Rio Negro(PR). 
                               Disponibilizo agora essas imagens preciosas pedindo aos que as acessarem que me ajudem na identificação dos locais e datas prováveis, caso lhes sejam familiares.  Muitas imagens são de Rio Negro, terra natal do fotógrafo, mas outras eu não tenho certeza. 
                               À medida em que receber dos leitores as informações, irei acrescentando. 
meu e-mail é paulodafigaro@hotmail.com  


copyright 2016 Paulo José da Costa
condição para reprodução é a citação expressa da fonte.    











Curitiba, av. Candido de Abreu, em frente à Fundição Marumby (Mueller e Irmãos)





outra tomada em frente à Mueller e Irmãos (Curitiba)





Rio Negro, Pr. 





Paranaguá, Igreja da ordem terceira de São Francisco

















                                                     esta imagem, uma das mais belas do conjunto, é da mais pura poesia


São Bento do Sul (SC)





São Bento do Sul (SC)





São Bento do Sul (SC)





São Bento do Sul (SC)





São Francisco do Sul (SC)





São Bento do Sul (SC)















São Bento do Sul(SC)





São Bento do Sul(SC)





rua da Praia, em Paranaguá




São Bento do Sul (SC)















Sociedade Ginástica de alemães - local desconhecido





Sociedade Ginástica de alemães em local a ser verificado





Mafra (SC)

Rio Negro (Pr)





O Seminário Seráfico de Rio Negro










copyright 2016 Paulo José da Costa
para uso, cite a fonte.

09 March 2016

AS MAIS ANTIGAS FOTOGRAFIAS DE CURITIBA

                     

                                Esta postagem irá recebendo acréscimos de imagens e comentários à medida em que eu for conseguindo o material necessário. Pretendo colocar as imagens fotográficas mais antigas de Curitiba, no século XIX.  (favor citar a fonte caso utilize qualquer imagem)


                                              A FOTO DE JULIO W. DURSKI, 1880 



                                      O fotógrafo polonês, radicado em Sorocaba, Julio Wieczerski Durski, nascido em Winnogora, Polônia, em 1851, e falecido naquela cidade 1893 é a glória da fotografia sorocabana, Recentemente um livro foi lançado com 20 de suas melhores fotografias. Com relação à foto que reproduzimos, algumas fontes da internet colocam erradamente  o nome José Durski, mas se trata mesmo de Júlio, o qual não sabemos o que veio fazer em Curitiba mas para sorte nossa trouxe sua câmera e registrou diversas fotos, encantado com a beleza da capital paranaense à época. Infelizmente só dois de seus registros são conhecidos hoje, um deles é este, da então "Rua Fechada", hoje José Bonifácio. 
                                  Como gosto de proceder, coloco a foto inteira e depois diversas ampliações  para que os leitores se deliciem com os detalhes.  

fonte: acervo Cid Destefani, que detém uma cópia do original.
cortes, detalhes, trabalho com as cores, Paulo José da Costa 





a imagem inteira
                                 Nessa época, o centro econômico de Curitiba ficava aí nessa região, no Largo da Ordem, na rua Fechada (hoje José Bonifácio).  Vemos à esquerda e casa comercial do José Hauer, um dos imigrantes alemães que vieram trazer o progresso para a capital paranaense. Conforme apurei, ele foi proprietário mais tarde da usina elétrica do Capanema.  A casa comercial de José Hauer vendia ferragens e utensílios.  Na foto aparece também a casa de Gustav Tenius.   Há alguns anos recebi em doação para o acervo um diário de Gustavo Tenius, além de narrativas sobre a vida dele e de seus filhos em União da Vitória, Joinville e Curitiba, um tesouro formidável. Um de seus filhos explorou petróleo no xisto de São Mateus muito antes da Petrobras, tendo inclusive formalizado o que pode ser chamado de primeiro contrato petrolífero no Brasil, mas esse é outro assunto, para outra postagem.    




a imagem inteira sem a moldura





detalhe





detalhe do casario à esquerda. Observem a Casa Hauer 





detalhe super ampliado mostrando a placa da Casa Hauer





detalhe do centro da imagem









detalhe








ao lado do casarão com a bandeira ainda não havia sido construída a casa Hoffmann




A FOTO INTEIRA SUPER AMPLIADA



                             A FOTOGRAFIA PANORÂMICA DO LIVRO DE HENRY LANGE (1885)



fonte: livro "Sudbrasilien, die Provinzen São Pedro
do Rio Grande do Sul, Santa Catharina und Paraná"
Leipzig, 1885
(veja postagem neste blog com todas as imagens e
mapas constantes do livro)  




























08 March 2016

LITORAL DO PARANÁ NOS ANOS 20, FOTOS DE ORESTES AUGUSTO ALVES






                       Descobri Orestes Augusto Alves através de sua filha, a querida Pórcia Guimarães Alves, pedagoga conhecida por gerações e gerações de curitibanos. Como frequentava o seu apartamento, ela já idosa passou a me transferir revistas antigas, postais, livros, memorabilia diversa que fora de seu pai e que ela por décadas guardou com carinho de filha extremada. A minha coleção da Illustração Paranaense era do sr. Orestes. Também uma centena de postais de Curitiba e Paraná antigos. Num dos lotes que adquiri, vieram negativos de vidro que atestavam que o Sr Orestes tinha conhecimento razoáveis da arte fotográfica e, como são também documentos iconográficos e documentais muito importantes e únicos, resolvi disponibilizá-los neste blog. 




copyright 2016 Paulo José da Costa
autorizo uso mediante expressa citação 

                             


                       


 litoral paranaense





PASSEIO PÚBLICO - CURITIBA





PASSEIO PÚBLICO DE CURITIBA





FOOTING NA RUA DAS FLORES EM CURITIBA 





PASSEIO PÚBLICO DE CURITIBA











Ilha do Mel




Ilha do Mel






a identificar




a identificar





Guaratuba e seu morro do Cristo





litoral paranaense





litoral paranaense





litoral paranaense





litoral paranaense




forte da Ilha do Mel

Ilha do Mel

Matinhos

litoral paranaense

Ilha do Mel

Ilha do Mel

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

Rua Benjamin Constant em Paranaguá 

litoral paranaense

litoral paranaense

antiga igreja N.S.do Rocio em Paranaguá

Paranaguá

litoral paranaense

Ilha do Mel

litoral paranaense

Ilha do Mel

litoral paranaense

litoral paranaense

Matriz de Morretes

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

forte da Ilha do Mel

farol da Ilha do Mel

forte da Ilha do Mel

litoral paranaense

litoral paranaense

litoral paranaense

no vagão

BAÍA DE ANTONINA

IGREJA N.S,DO PILAR DE ANTONINA

ANTONINA

ANTONINA

IGREJA N.S.DO PILAR DE ANTONINA

ANTONINA

ANTONINA

ANTONINA

ANTONINA




                                      AS IMAGENS A SEGUIR SÃO DE 1942, DE CURITIBA


Feira de 1942 em Curitiba 

Feira de Curitiba 1942

Feira de curitiba 1942

Feira de Curitiba 1942